12 de abril de 2024

Sabia que é possível participar de licitações para desenvolvimento de site?
Esse tipo de processo é essencial para desenvolver sites para órgãos ou repartições públicas, sendo constantemente realizado por municípios e estados.

A maior parte não sabe, entretanto, como fazer para participar de uma licitação com essa finalidade, então esse artigo tem o intuito, justamente, de mostrar como isso é possível.

A seguir, você verá quais são os trâmites principais para participar de modo efetivo de licitações para desenvolvimento de site. Não deixe de acompanhar esse texto do nosso site para saber tudo sobre esse assunto!

Como participar de licitações

A primeira coisa a se fazer é separar a documentação necessária para o processo de licitação, algo essencial e que irá permitir saber se é possível ou não participar dele.

A documentação exigida é sempre disposta no edital para que uma empresa possa ofertar serviços para o setor público, no caso o desenvolvimento de site.

A Lei nº 8.666/93, que trata sobre as Licitações, dita de forma geral sobre quais são os documentos que devem ser apresentados nos departamentos públicos para o cadastro nos departamentos responsáveis.

Os documentos servem para se comprovar aspectos tais como qualificação técnica da empresa, qualificação econômico-financeira, habilitação jurídica, etc.

O próximo passo é fazer uma análise geral do edital, que é o documento responsável por ditar o processo de licitação.

No edital está bem descrito quais são as fases da licitação, tudo de modo detalhado, para total compreensão das empresas participantes.

Saber tudo sobre o edital e processo de licitação evita que sejam cometidos equívocos no futuro, incluindo a não disponibilidade de participar do processo após ter se preparado por meses.

Depois de ter lido todo o edital e feito o cadastro da proposta para participação do processo de licitação é que começa a concorrência com as outras empresas.

A disputa de preços é importante, pois o órgão público vai escolher aquele que representa o melhor custo-benefício para ela, não avaliando apenas o preço, mas também a qualidade do serviço que a empresa pode prestar.

Muitas empresas acabam colocando preços muito baixos nas propostas para tentarem ganhar a licitação, mas você jamais deve colocar um valor que esteja abaixo da sua lucratividade naquele serviço.

É preciso estar sempre preparado para caso sua empresa seja escolhida, você possa realmente prestar o serviço e evitar ser penalizado, de acordo com a lei das licitações.

Como participar de licitações para criação de sites

E como participar de licitações para desenvolvimento de site?

Para isso, basta ficar atento aos editais que são lançados pelas prefeituras, órgãos judiciários e mesmo legislativos para a criação de sites (além da manutenção) para os órgãos públicos.

Ao ver um edital lançado com essa finalidade, você deve verificar se a sua empresa atende aos requisitos necessários e, dessa forma, fazer a proposta para assim participar e concorrer ao processo.

Conclusão

Como você viu, muitas empresas que desenvolvem sites não sabem que há a possibilidade de participar de licitações para criar e manter sites de órgãos públicos.

Neste texto, você viu como é possível concorrer em uma licitação pública, que é um processo idôneo realizado pelas administrações com o intuito de contratar serviços a serem prestados por empresas de um determinado setor.

Com essas informações, fica mais fácil concorrer no próximo edital de licitação para o desenvolvimento de site que você vê aberto.

Gostou do artigo de hoje sobre as licitações para desenvolvimento de site?
Se você ficou com alguma dúvida sobre esse assunto, escreva-a abaixo nos comentários para que eu possa ajudá-lo.