27 de junho de 2024

Urologista alerta para cuidados com a saúde do homem

Muitos homens estão se abrindo com relação às dificuldades que podem ter para alcançar uma vida sexual plena.

Normalmente, os problemas mais comuns são o desejo de ter um órgão mais poderoso, de mais tamanho e até espessura, e a disfunção erétil.

Fica cada vez mais claro para todo mundo que as dificuldades associadas ao desempenho sexual não são exclusivas dos homens que entram na meia idade: há jovens de menos de trinta anos que não conseguem fazer sexo pela disfunção erétil.

A quantidade de homens que se sentem inseguros com a espessura e a extensão do seu pênis também é muito chocante e a bomba peniana surgiu na indústria de sex shop como uma ferramenta para deixar a autoestima masculina mais alta.

Apesar de haver indicação médica, em alguns casos, para o uso da bomba peniana, a sua maior utilidade é para favorecer as ereções, dar a sensação de pênis maior e aumentar o prazer.

Como se usa

Os homens que nunca experimentaram uma bomba peniana não precisam se assustar ao ver o equipamento pela primeira vez.

Ele não causa dor, não prejudica em nada a anatomia do pênis e é 100% seguro, funcionando em todos os homens e com pouquíssimos efeitos colaterais, que se manifestam somente em caso de mau uso.

Começando pela bomba peniana elétrica, ela tem um compartimento onde o homem deve colocar o seu pênis, havendo uma espécie de vedação.

Ao ligar o circuito da bomba peniana, será criado vácuo de maneira automática e o homem sentirá um pouco de pressão, com a ereção se formando aos poucos.

Já a bomba peniana manual tem praticamente o mesmo funcionamento: a criação de vácuo em um compartimento onde o pênis deve ficar e, em pouco tempo, o aumento do pênis.

Entretanto, esse vácuo não acontece de maneira automática, como na bomba anterior: há um mecanismo que deve ficar sendo apertado pelo usuário. É bem parecido com o aparelho mais antigo de aferição de pressão, que tinha uma espécie de bomba em uma ponta e que era acionada pelo enfermeiro.

Usar apenas nos dias das relações sexuais?

Há um pouco de dúvida com relação à frequência com a qual a bomba peniana deve ser usada: alguns homens acham que tem de ser apenas no dia em que se sabe que haverá relação sexual.

Já outros homens utilizam essa técnica todos os dias e muitos médicos indicam que se faça exatamente isso.

Uma vez que o pênis recebe estimulação todos os dias, o fluxo de sangue para o órgão sexual aumentaria de maneira automática e o homem estaria sempre pronto para a sua próxima relação íntima.

De fato, essa é uma forma de usar a bomba peniana muito mais útil do que usá-la somente em momentos “soltos”.

Efeitos colaterais: a bomba peniana causa ou não?

Os únicos efeitos colaterais que se pode observar ao usar a bomba peniana é uma leve irritação, que surge quando o material do equipamento não é maleável. 

Entenda mais lendo nosso blog.